domingo, 24 de fevereiro de 2013

Dos dias frios


Uma vaga de frio polar chegou. Os dias estão bonitos, céu azul, sem nuvens,sol brilhante e um vento frio, daquele que corta.

Luvas,cachecol, gorro e tapa orelhas? Temos tudo! E na mesa, o que queremos? Uma sopa quente. De tal modo quente que sintamos o calor a percorrer o nosso corpo, até os pés escaldarem.

Sopa, a minha comida mais reconfortante, mais aconchegante. Na loucura dos dias atarefados, com horas para sair de casa mas sem horas para chegar, ao fim do dia, o que me sabe melhor é uma sopa.

O Caldo Verde traz no seu sabor noites de Verão. Feiras e romarias. Chama pelas sardinhas assadas, pelo Santo António e pelo São João. Chouriço assado no pão e uma noite de fados.

Na rua está frio e hoje não é possível nada do que sabe o caldo verde. Hoje apenas aquecerá o meu corpo, até os pés me escaldarem.

Caldo Verde

Ingredientes:
  • 500 grs de Caldo verde 
  • Batatas q.b
  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de alho
  • 1/2 Courgette 
  • Sal q.b
  • Azeite q.b
  • 3 rodelas de chouriço ( para dar sabor)

( Neste em particular utilizei courgette porque as minhas batatas eram pequenas e foi para lhe dar consistência, normalmente no caldo verde não utilizo courgette.)

Receita:
  • Lavar e descascar as batatas, a cebola, courgette e os dentes de alho.
  • Numa panela, mais pequena,cozer o caldo verde, sem sal
  • Noutra panela, adicionar água e colocar as batatas, cebolas, alhos, a courgette e as rodelas de chouriço e deixar ferver, até os legumes estarem cozidos. Temperar com sal ( atenção pois o chouriço já lhe irá dar um sabor apetitoso)
  • Entretanto escorrer a agua onde o caldo verde cozeu.
  • Na panela grande, retirar o chouriço, e triturar tudo até formar o puré. (Se tiverem colocado pouca agua e estiver grosso, acrescentem água quente)
  • Adicionar as couves do caldo verde e um fio de azeite. Rectificar de sal.
  • Deixar cozer mais 5 minutos e desligar.



2 comentários:

  1. Adoro :D Sugestão: em vez da courgette, uma cabeça de nabo. Bjoca e parabéns pelo Blog.
    Zabel

    ResponderEliminar